Mouchão 2006

Característica diferenciadora: Qualidade pura e doçura

Preço: 29

Onde: Garrafeiras especializadas e distribuição


Nota pessoal: 18,5

Comentário: Depois de se provar um Poeira 2009, um Quinta do Portal Grande Reserva 2007 e se quer dar uma espreitadela no Alentejo, o que provar a não ser um Mouchão na sua juventude? Exacto. Foi o que fizémos, com uma de 2006… Cor ameaçadora de sangue de boi escuro! Vivíssima.

Denso e opaco…Cheira a Mouchão. Aquele adocicado característico. Se Alicante Bouschet fosse uma peça de carne gourmet, a do Mouchão é o melhor filet mignon que se pode provar. É um hino à perfeita maturação e colheita desta casta.
Muita fruta vermelha. Notas muito engraçadas de fruta verde também. Tarte de maça à Inglesa. Misto de bolo inglês com uma verdura interessantíssima. Equílibrio suculento de doces vermelhos com alguma verdura.
Acidez notável… sem estar evidente, existe. Muito fresco, nada cansativo. Cetim.
Com o arejamento, a fruta ganha contornos mais espessos. Abrunhos maduros…

Excelente tinto e do melhor que se faz no Alentejo e em Portugal.

Provador: Mr. Wolf 

Recent Posts
Showing 3 comments
  • Flavio Henrique Silva
    Responder

    Caríssimo,
    Para quem é apreciador de grandes vinhos portugueses, suas postagens são uma verdadeira tortura! No bom sentido, claro. Fico aqui imaginando esse Mouchão acompanhando uma bela carne na brasa…
    Abraços,
    Flavio

  • Bruno Miguel Jorge
    Responder

    Este comentário foi removido pelo autor.

  • Bruno Miguel Jorge
    Responder

    Flávio e Mr Wolf,

    Alicante Bouschet (apesar de ter uns pozinhos de Trincadeira) com esta qualidade que o Mouchão faz só conheço o do produtor J. Bastos, da Quinta de Dona Maria em Estremoz. A diferença é que no Mouchão faz-se isto regularmente (será que estou a falar de terroir?) enquanto que a Quinta de Dona Maria , salvo erro, só fez em 2004 e 2007.

    Lembro-me que foi o último vinho que bebemos e que não ficou uma única gotinha … julgo que isso quer dizer alguma coisa. Grande vinho!

    Abraço,

Leave a Comment